Mensagem do Presidente da Direcção da Sociedade Portuguesa de Medicina Integrativa

Sejam bem vindos ao website da Sociedade Portuguesa de Medicina Integrativa.

A Sociedade Portuguesa de Medicina Integrativa (SPMI) é uma organização privada, sem fins lucrativos, ao serviço da comunidade.

É constituída por profissionais da área da saúde com o objetivo de divulgar o conceito da medicina integrativa junto da população portuguesa e, agrupar os profissionais de saúde que trabalham com rigor para esse fim. Também pretende ESCLARECER as bases da Medicina Integrativa , do ponto de vista científico, agrupando, desta maneira, sócios e público em geral, interessados no conceito de saúde integral (segundo OMS).

A Medicina Integrativa representa uma evolução do pensamento médico e é um reflexo da expansão da consciência do ser humano na área da Saúde. Medicina Integrativa “conjuga” a medicina convencional com a medicina complementar, baseada em evidência científica.

Os objetivos principais, descritos nos estatutos da Sociedade Portuguesa de Medicina Integrativa, são:

  • Agrupar os profissionais de saúde interessados no campo da Medicina Integrativa.
  • Promover e divulgar rigorosamente o conceito e prática da Medicina Integrativa na sociedade portuguesa.
  • Apoiar e promover reuniões, jornadas e congressos científicas relacionados com a Medicina Integrativa.
  • Assegurar o cumprimento de padrões éticos na prática profissional, particularmente no que diz respeito à Medicina Integrativa.
  • Prestar assessoria às administrações públicas no campo da saúde pública e especialmente no modelo proposto pela Medicina Integrativa.
  • Incentivar o exercício no campo da Medicina Integrativa em programas de pré-graduação universitária e pós-graduação, com especial dedicação à formação contínua de seus membros, credenciando estes quando necessário.
  • Participar na regulamentação das formas de acesso a programas de especialização e mestrado nacional e internacional – através de acordos de cooperação entre a SPMI e instituições de ensino superior na área da Medicina Integrativa.
  • Cooperar com organizações internacionais relacionadas, estabelecer acordos e desenvolver projetos conjuntos, na área da Medicina Integrativa.
  • Coordenar a formação, investigação e implantação futuras de Medicina Integrativa no sistema de saúde Português (como já acontece no sistema de saúde Suiço, por exemplo).
  • Prevenir a doença e promover a saúde integral na população (segundo a definição de saúde da OMS).
  • Ajudar a melhorar o sistema de vida dos utentes para optimizar o bem estar futuro (segundo a visão da ESIM).

Os valores fudamentais da SPMI são:

  • Integração da medicina integrativa nos Sistemas de Saúde
  • Praticar uma medicina consciente, vocacionada à prevenção
  • Optimizar a saúde integral da população e fazer com que cada cidadão assuma responsabilidade pela sua saúde
  • Melhorar relação médico-utente
  • Individualizar os cuidados de saúde

Enquanto Sociedade Médica, já atingimos os seguintes objectivos:

  1. estabelecemos acordos de cooperação com outras sociedades médicas na área da Medicina Integrativa, nomeadamente:
    • Sociedade Europeia de Medicina Integrativa
    • Sociedade Espanhola de Saúde e Medicina Integrativa
    • Associação Espanhola de Médicos Integrativos
    • Sociedade Brasileira de Medicina Integrativa
    • Sociedade Italiana de Homeopatia e Medicina Integrativa (em contacto)
    • Sociedade Japonesa de Medicina Integrativa (em contacto)
    • Instituto Nacional de Medicina Integrativa da Austrália
    • Associação Equatoriana de Médicos Especialistas em Medicina Integrativa (AEMEMI)
    • Sociedade Colombiana de Medicina Integrativa, Homeopatia e Homotoxicologia (em contacto)
    • Associação Internacional de Medicina Integrativa, USA (ICIM)
    • Colégio Britânico de Medicina Integrativa (em contacto)
    • Sociedade Portuguesa de Oxigénio Ozonoterapia e Medicina Regenerativa
  2. Colaborámos institucionalmente com o 12º congresso europeu de Medicina Integrativa e II Congresso Espanhol de Medicina Integrativa, realizado em Barcelona em Setembro de 2019.
  3. Iremos participar institucionalmente no 13º congresso Europeu de Medicina Integrativa, a realizar em Setembro 2020 – em Londres, UK.
  4. Iremos participar institucionalmente no 3º Congresso de Saúde de Medicina Integrativa, a realizar de 13 a 15 de Novembro de 2020 – Málaga.
  5. Celebramos um acordo para  apoio institucional da “ESIM – Sociedade Europeia de Medicina Integrativa” – de modo que, qualquer sócio da Sociedade Portuguesa de Medicina Integrativa é automaticamente sócio da ESIM e portanto, beneficia de descontos nos congressos médicos europeus (anuais) e nos congressos médicos mundiais (de 4-4 anos) de Medicina Integrativa.
  6. Estamos a iniciar acordos de cooperação com hospitais universitários  na Alemanha e Itália, onde já se pratica a Medicina Integrativa como parte integrante do sistema público de Saúde – de modo a que os nossos associados tenham acessos privilegiados de formação.
  7. Pretendemos ter acesso aos programas pós-graduados de Medicina Integrativa, especialmente em Itália e Inglaterra – com condições especiais para os nossos associados.
  8. Estabelecemos parceiros com programas de pós-graduações Brasileiros, na área de Medicina Integrativa, para que os nossos associados tenham vantagens.
  9. Encetamos acordo priviligiado a programas de investigação científica dentro da área de Medicina Integrativa, em Melbourne, Austrália – para posterior publicação de artigos científicos e casos clínicos.
  10. Criação de uma rede de contactos de profissionais de saúde, dentro da área da Medicina Integrativa.

Pretende-se esclarecer a comunidade científica Portuguesa de como se pratica a Medicina Integrativa no Mundo e, se necessário, regulamentar o modelo de Saúde proposto pela Medicina Integrativa.

Pretende-se criar um grupo coeso, que queira acrescentar esta área à sua prática clínica, mas também esclarecer o publico sobre as opções que possa ter na prevenção e promoção da sua saúde integral, com eficácia e segurança.

Queremos muito que se junte a nós.